• Secom

Secretaria de Cidadania e Assistência Social intensifica atendimento de apoio às pessoas carentes

Para que as novas gerações tenham condições de vida melhores do que seus pais


A Prefeitura de Senador Guiomard, através da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, intensificam os atendimentos para a população guiomarense, especialmente aquelas em situação de vulnerabilidade social, contribuindo para erradicar a fome, a pobreza e a extrema pobreza, e ainda, melhorar a qualidade de vida e proporcionar momentos felizes e acolhimento para os idosos, crianças, mulheres, pais, mães e responsáveis, enfim, família.


Pelos desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) que devido as novas cepas só aumentam no mundo, no Brasil e no Acre, a administração municipal está reinventando sua forma de atendimento, digitalizando os serviços públicos para continuar a prestar um atendimento humanizado e digno as pessoas.


A Secretaria de Cidadania e Assistência Social, está realizando os atendimentos por atendimento telefônico e pela internet (whatsApp e e-mail), tudo isso, para não interromper a assistência aos usuários do serviço da assistência social.


O município através da Secretaria, é o maior parceiro do governo federal, pois relaciona diretamente com as famílias pobres e extremamente pobres para incluí-las no Cadastro Único e que se relacionam diretamente com essa população nos atendimentos realizados em suas redes de assistência social, saúde e educação. Para se ter uma noção da importância do trabalho prestado, no Quinari, são mais de 4.000 (quatro mil) pessoas atendidas.

“Esse dinheiro significa alívio para centenas de crianças e mães de família que têm no programa, a única fonte de renda. Por isso, reconheço a importância de dizer a todas as pessoas que continuamos o atendimento, só que agora como a regra do ministério da saúde determina”. disse Andréia Abreu, secretária da pasta.

No Centro de Referência de Assistência Social (Cras), os atendimentos psicológicos acontecem de forma presencial, em situações específicas, e deve ser realizado através de agendamento, mas respeitando todos os protocolos sanitários vigentes para sua segurança e seus familiares, e ainda as regras de distanciamento físico. Os técnicos da Secretaria mantêm contato constante com os usuários cadastrados por telefone. O trabalho de cadastramento de famílias em situação de vulnerabilidade não pode ser feito de forma presencial por causa de uma determinação federal, logo, a gestão municipal é obrigada a respeitar, mas vem buscando alternativas para atender aqueles com necessidade de cadastro e atualização. Com relação a distribuição de alimentos aos cadastrados, continua, e pode ser solicitado através do número de telefone (68)99989-1150, indica Andréia Abreu, secretária de cidadania e assistência social do município.


O serviço de entrega do Kit Verde, que assiste pessoas idosas, com deficiência física e em situação de extrema pobreza, com a distribuição de verduras e frutas tem sido um sucesso, e é entregue de acordo com a necessidade de cada família, disse Regiane Andrade. Quem desejar se cadastrar deve ligar para (68)99921-1799.


A Prefeitura continua ofertando o serviço de auxílio funeral.

“As pessoas chegam e não podemos negar os pedidos, nossa secretaria existe para dar apoio de acordo com as possibilidades que o setor público dispõe”. destacou Andréia.

A prefeita Rosana Gomes, conclui, que os serviços de atendimento às comunidades não pararam desde o início deste ano, e mesmo com a pandemia, o esforço da administração é ampliar e assistir as famílias da melhor maneira, chegar onde for preciso para não deixar as famílias desamparadas, e pede a todos, que continuem respeitando os decretos, usando máscara, mantendo o distanciamento físico e higienizando as mãos constantemente seja com álcool 70% ou gel, ou água e sabão.

0 comentário